Desencaixotando Rita

Desencaixotando Rita

terça-feira, 27 de outubro de 2015

"o problema do vermelho nos objetos"

I-

sobre o problema
dos objetos 
e o teorema das superfícies 
sobrepostas com texturas 
                       enganosas 
: o atrito impede
a cálida aderência 
de um volume 
sobre um sistema
mecanicamente isolado 
do resto do mundo.
esse problema --
o problema fundamental
do mundo --
         é que
teus volumes drapeados
        acumulam-se
[inteiriços e impalpáveis]
sobre os móveis 
depois que te vai
e me pego
timidamente voraz
na tarefa
de assomar tua forma
com dedos inábeis,
esculpir tua voz
com fonemas de pele eriçada,
pelo sopro sintático quente 
da tua língua materna emudecida,
substituída por equívoco 

por grotescos saltos 
           de tradução.


II- 

presto incontinente
atenção ao vermelho
que ondula nas falsas
       constelações
de luz artificial na parede
       da sala térrea
quando acontece de um carro 
       a t r a v e s s a r
a fachada do teu sagrado 
    edifício de pastilhas 
    [de gosto duvidoso]
-- esse jogo de luzes e sombras
a que alguns objetos 
                se prestam

quando ninguém mais se importa.

                 e durmo com 

o problema dos objetos
e de teu volume drapeado
               sobre as coisas,
o que se acumula à revelia
                      do sonho 
                             e da terrível 
bidimensionalidade dos sonhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentam por aí...