Desencaixotando Rita

Desencaixotando Rita

terça-feira, 14 de setembro de 2010

A boa dormida

Encapsulada

na couraça quase impenetrável
da minha pele,
em lenta,
lentíssima voragem,

rolo colinas de lençóis amarelos de algodão.



_______________________________________________________________



Da minha janela cerrada espreitam mil sons.



_______________________________________________________________


Na horizontalidade oca de travesseiro, ouço tudo
ouço sobretudo aquilo que não vejo

cigarras obesas e morcegas grávidas silvam
e arpejam...
e cospem caroços de goiabas azedas
no entreabrir-se do meu portão.

Ouço o fervilhante murmúrio
de uma cerimônia oriental de casamento

com grilos da sorte
a celebrar

os bons augúrios
aos pinotes

esticando as bordas do momento.

______________________________________________________________


Entremeada
em microfibras,
em crisálida
de almofadas
e edredon

inspiro
e ouço o doce balbucio
das crianças da vizinhança

a ressonar em leves suspiros
de leite e baunilha,
toda a infantil pujança

dos sonhos preciosos
que precisarão de

mais de uma vida para recordar.

_____________________________________________________________

E no instante de mergulhar,
no preciso momento
em que esgarço com um bocejo

o tecido benfazejo do sono,

ouço ainda

a pele
respirar

aliviada


_____________________________________________________________

e algo meio que brota

do nada

em direção
ao sol da manhã

_____________________________________________________________

6 comentários:

  1. Obrigada, E.

    ;)

    Quem quer que você seja...

    ResponderExcluir
  2. gostei de tudo, sabe brincar bem com essas palavras tão soltas-soltas.

    continue a voar.

    ResponderExcluir
  3. Premedito sempre um bom sono ao ver o final de semana chegando...

    L.

    ResponderExcluir
  4. mto bom... em especial como se integram ao clima bucólico as cigarras obesas, que devem mesmo ter uma voz poderosa seguindo a tradição de nomes como angela rorô e fat family.

    ResponderExcluir
  5. hahahahah

    Cigarras obesas são excelentes contraltos!

    ResponderExcluir

Comentam por aí...