Desencaixotando Rita

Desencaixotando Rita

terça-feira, 23 de maio de 2017

autorretrato com enxaqueca

























esta acima sou eu nos meus 30ish anos
rosto sangrado, sem reboco, sem vigas
de sustentação, sem filtro, sem coar,
sem desembocar em nenhum afluente,
sem fazer as sobrancelhas, sem filtro solar,
sem graça, sem delineador, sem máscara
de frente para uma brecha de luz natural
porque isso
           [a luz]
         às vezes 
      é tanta coisa

o ascendente em libra resmunga"você é regida por vênus na quinta casa.  

já não basta a aflição de saturno, miga?"
vai colocar a cara lavada assim,
os estilhaços, os mísseis à mostra?

e embora eu ouça de todos os oráculos

e da minha conta bancária
e do aquário com quem contraceno uns 
diálogos:
'você é peixe pequeno, moça'
eu ando cada vez mais acostumada
com a ideia

[de ser peixe pequeno]


de que outra forma

eu penetraria
nestas ínfimas miserinhas
nesta banalidade microscópica
nesta profundeza de pedra abissal

Um comentário:

  1. você, peixe pequeno
    só se for pelo imenso dos oceanos.

    aquário nenhum daria conta de tuya vastidão, mi amor ♡
    *adorei o selfie escrito!

    ResponderExcluir

Comentam por aí...