Desencaixotando Rita

Desencaixotando Rita

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

"as meninas astrólogas"

para Ana B. Domingues



















as meninas astrólogas não consultam o personare
têm tábuas de esmeralda, efemérides bulindo
embaixo do travesseiro junto com o celular
e o arcano XIX para dar sorte e magnetismo
com o boy e outras magyas do reino dos céus.
descobrem três cabeças arrancadas na hidra
 e o diabo da vênus mal aspectada, a lua 
fora de curso, a lua fora de curso...
"aquilo que está acima, aquilo que está abaixo"
- as meninas astrólogas sabem o que está 
acima dos seus pescocinhos de cisne, conhecem 
o tigre embaixo da cama e o que fazer, o que fazer
em caso de súbita despressurização.
as meninas astrólogas mandam selfies explicando 
os mudrás para amigas em crise, oferecem 
a restauração dos meridianos do corpo, oferecem 
 sinastrias, mapas combinados   e        revoluções,
sobretudo        revoluções.
a meninas astrólogas se preocupam excessivamente
com a lua fora de curso e o movimento retrógrado
de mercúrio, contam nos dedos os dias que faltam
para dias melhores, contam os dias para a chegada 
dos dias e para a virada da lua em touro, com banquetes
e sacrifícios virginais. as meninas astrólogas,
as meninas astrólogas são, na verdade, bacantes
anacrônicas com seus cálices transbordantes e 
suas certezas infinitas sobre o infinito do universo.




7 comentários:

  1. ISADORA,

    sou seu mais novo seguidor.

    Por favor , me apresenta uma destas "meninas astrólogas" é tudo que ando precisando !!!

    Parabéns pela postagem e o blog,voltarei sempre.

    um abração carioca.

    ResponderExcluir
  2. tropeçava nos astros,
    desastrada,
    ...y encontrava o curso do rio,
    dentro!

    ai Ritinha!
    amor!!
    <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quedê o poeminha das meninas de Vermont? <3

      Excluir
    2. ici:

      as moças de vermont

      têm medo do inverno anunciado,
      comem frutas secas y pepinos cozidos no café
      almoçam suspiros misturados com lembranças do texas
      e rhode island

      passeiam com as galinhas, carregando amoras doces
      trocam olhares cúmplices e se tocam, pouco
      mas no casulo de um quarto à meia luz
      escrevem poesias sem papel

      as moças de vermont não usam celular
      nem pílulas para viver melhor
      amam o dia, a noite e não temem o futuro
      pois sabem que na primavera
      tudo renasce

      Excluir
  3. as meninas astrólogas são cosmogônicas desde antes o primeiro parto dessa terra alada; as meninas astrólogas são matéria das mesmas vísceras celestes que ovulam em seu ventre; revoluções é o que elas oferecem; é o que elas dão à luz. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. <3 uhuuuu e viva a reinvenção das cosmogonias

      Excluir

Comentam por aí...