Desencaixotando Rita

Desencaixotando Rita

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Retrato da dona do blog quando [quase] jovem




Cada vez mais porosa e intercambiável.
E de fato, reproduzo em mimese inexorável o mesmo movimento de fuga. O mesmíssimo.
A fuga em asterisco, o chuvisco clandestino (em mim tem chovido o dia inteiro, sabia?) e desintegração dos limites já rarefeitos. A falência do meu próprio destino.
A mesma menina corada fugindo dos palcos. Fugindo de quem? Os holofotes e spots não refletem o que têm de refletir, eu garanto. Um engodo, isso sim.
Eu? Não reflito. Sou impetuosa e impulsiva, omito.
Esponjosa que sou, absorvo tudo.
E cuspo. Não engulo.

Definitivamente não engulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentam por aí...