Desencaixotando Rita

Desencaixotando Rita

segunda-feira, 30 de junho de 2014

caranguejos de julho não andam para frente

aceitar a loucura serena,
o magma que brota
da síndrome das pernas inquietas.

[aquilo que não se pode ter, não se pode,
não se pode ter.
o que não tem volta,
e o lugar para onde sempre
se retorna,
tendo jurado nunca mais voltar]

há qualquer coisa de prodigioso
nos dentes trincados,
patas contritas e
nesta decisão vital tomada
em círculos.

sim, os gorgolejos esquivos
não evitam a catástrofe brutal
de uma vida ridícula;
não antecipam, ainda, a tragédia
de se conseguir exatamente
aquilo que se deseja.








Um comentário:

Comentam por aí...